Café Brasilis – Grito Rock Itajaí 2013

Café Brasilis (Divulgação) - Crédito Morgana D'Almeida (2)

Ouça

Café Brasilis é uma banda de rock experimental e popular, de composições próprias, originária do litoral norte de Santa Catarina, da cidade de Itajaí. É formada por Ruca Souza (vocal/guitarra/composição), Lenon Cesar (baixo), Leonam Oliveira (teclado) e Kika (bateria/percussão). Uma banda de rock.

NOVA FASE
Em janeiro de 2012, a baterista e percussionista Kika Deeke entrou para a Café Brasilis, trazendo na bagagem Ritmos Brasileiros. O baixista Lenon Cesar se uniu à banda em agosto de 2012, já entrando para a gravação do primeiro disco, inserindo linhas Disco e Funk. O tecladista Leonam Oliveira entrou na banda em janeiro de 2013, adicionando timbres de hammond e psicodelia às músicas nos shows.

Todas as músicas antigas foram rearranjadas dentro do estilo dos novos integrantes para os shows, também criadas novas músicas e oito foram gravadas, neste que será o primeiro CD oficial da banda, chamado Gibberish, com previsão de lançamento para março de 2013. As oito músicas foram gravadas no Estúdio S., com produção musical de Serginho Rebello (Itajaí/SC), com mixagem e masterização por Chuck Hipolitho, do Estúdio Costella (São Paulo/SP).

O CD Gibberish será lançado pelo selo Válvula Rock Discos, em parceria com a Distro Fora do Eixo.

HISTÓRIA
Em fevereiro 2009, já contando com diversas composições prontas de características Folk, a vocalista Ruca Souza passou a procurar companheiros para montar uma banda, convidando o baterista Marcelo Maia para fazer parte do projeto. Juntos, começaram a arranjar as músicas e se apresentaram pela primeira vez no 5º Festival Cultural da Univali, em setembro de 2009, sob o nome de Ruca and One Cabrón.

No início de 2010, o trio, então formado por Ruca nos vocais, Camilo no baixo e Marcelo na bateria, gravou seu primeiro EP (CD demo), chamado “Cafeína”, com 7 faixas, produzidas por Bruno Garcia. Ele foi lançado em junho de 2010.A dupla havia procurado um baixista para o projeto, porém sem sucesso. Foi então que, neste primeiro show, apareceu Camilo Garcia, que ouviu as músicas ao vivo e ficou empolgado para tocar com a dupla, entrando logo na banda. No ano seguinte, a banda já se apresentaria como Café Brasilis na 6ª edição do festival.

A partir do EP Cafeína, Café Brasilis fez shows por várias cidades de Santa Catarina, alcançando também, através da internet, público de todo o Brasil. A mídia local também coroou a banda como “promessa” e “aposta” do Rock SC.O EP teve grande sucesso, alcançando mais de 1.000 downloads e catapultando a banda para o cenário do rock de Santa Catarina. Uma das músicas do EP, a “Bolha-canção”, entrou em coletânea do blog Musicoteca, nacionalmente conhecido, em agosto de 2010. A coletânea se chama “Momentum Faxina” e já quase alcança os 2.000 downloads.Em junho de 2011, já com muita estrada no currículo, Café Brasilis lançou seu bootleg, disco com gravações amadoras ao vivo. O EP se chama “Hoje Não Vou Dar, Vou Distribuir”, com inspiração na famosa frase de Bruna Surfistinha.

O baterista Marcelo Maia ficou com a Café Brasilis até o final do ano de 2011, quando resolveu se afastar para que pudesse dar prioridade a sua carreira musical solo. O baixista Camilo Garcia também deixou a banda em 2012 para tocar projetos próprios.

Página da Café Brasilis no Facebook.

*No dia 2 de março ocorre o Grito Rock Itajaí, no Centreventos, realizado pelo Coletivo Celacanto. Confira aqui um pouco sobre as bandas e artistas que vão participar do festival.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s